Flor formosa

Flor mais formosa do meu jardim
Tens pureza do mel em teu néctar
Quisera eu desvendar
O mistério de tuas pétalas

Esquece teu pensamento 

  De   proteger-se como sépalas
E vem apostar
No beijo de um beija-flor

Eu irei de mansinho

Igual  passarinho
Com todo meu carinho

Penetrar em teu  segredo
Embriagar-te na minha essência 
Desabrochar- te  para o amor
[ Repaginada,  qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência... ou não!]

Obrigado,

Comentários

  1. Que versos cheios de ternura e sensualidade!
    Bom fim de semana.
    Dias felizes!

    ResponderExcluir
  2. Belo poema e a ilustração significativa demais - uma silhueta feminina! Amei!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Palavras plenas de amor, carinho e beleza.
    Belíssimo poema
    Um abraço
    Maria

    ResponderExcluir
  4. Que lindo, Kirido!
    Arrasou com estes belos e ternurentos versos.
    Amei!

    Beijo.

    PS: Fez mudanças por aqui, né? Ficou bacana!

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde querido poeta!!
    Lindo demais chegar em seu blog e encontrar ele de carinha renovada e essencialmente poético... Creio que é na poesia romântica que você mais se destaca e onde você coloca toda a sua essência!!

    Lindo, lindo mesmo!!! Tudo, o novo layout do Blog e a poesia tão sensível!
    Parabéns!!
    Aproveito para deixar desejos de um final de semana maravilhoso! :))

    ResponderExcluir

Postar um comentário