Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

No acaso da vida...

Imagem
No acaso da vida , eu te vi
...e eu tentei, eu quis muito, mas não deu certo.
Soube então que estava no acaso errado.
Peguei outro caminho, andei, andei e cruzei novamente com o acaso.
Tentei mudar mais uma vez de acaso e mais uma vez não deu certo.
Percebi que mudar de acaso não era a solução.
Percebi que, o que tinha de errado não era o acaso e sim as minhas escolhas.
E sinto lhe dizer, mas chegou a hora de você mudar seu acaso .

No acaso da vida , eu te vi
... tão doce e linda
Meia vista olhei para ti
Já te amei por inteira
Tá no peito de quem ama
É o amor conquistando meu coração
Vai meu amor, olha para mim

No acaso da vida , eu te vi
...e hoje eu acordei com uma vontade de você.
Se não reparou, recolho, embalo e guardo.
Essas coisas não são para desperdiçar.
☐ Obrigado,

A estrela

Imagem
Era muito feliz: porque podia escrever de ti e do nosso amor a toda a hora,  o dia inteiro.  A  letra ficava doce ; o escrito levava romantismo aonde quer que fosse.  Mas, um dia, e a cada dia , ficava cada vez mais infeliz.  Você se fez ausente, me tornaste alma carente.  Te querendo em todo momento presente, te procurei em todos os lugares.  Não te encontrei  em lugar nenhum.

Certo dia, resolvi partir para um voo através dos céus da minha própria solidão. Dia após dia, conciliando sonho e realidade, enfrentei toda e qualquer imposição, em busca da estrela que faria bater o coração e que iria permitir - me adormecer embalado pela resignação e quiçá devolver a alma poeta à este corpo.
No final da viagem, ao permanecer de pé, com a estrela em minhas mãos , dei conta que venci, do meu jeito, e a lembrança boa do nosso  amor que ainda bate em meu peito. ° [ qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] °

A placa

Imagem
Pouca gente sabe que profissionalmente tive uma ascensão meteórica.
Com pouca idade, era gerente e tinha mais de 100 pessoas subordinadas a mim.
O problema é que eu era extremamente tímido e introvertido e além do mais
havia subordinados descontentes porque não tiveram as oportunidades que eu tive; alguns outros com muito mais anos de empresa do que eu; outros subordinados eram amigos do futebol; outros do happy hour; alguns estudavam comigo etc e tal!
Conclusão: poucos respeitavam a minha liderança.

Assim, tomei uma medida drástica: coloquei a seguinte placa na porta de minha sala, logo que cheguei pela manhã:
- "Aqui quem manda sou eu!"

Mais tarde, a secretária entrou na sala falando alto, interrompendo, assim, uma reunião.
Fiquei muito irritado:
- Aqui quem manda sou eu!
Mandei não interromper a reunião .
Mas já que interrompeu, termine de falar!

E a secretária:
- Sua esposa ligou e disse que é para o senhor levar a placa dela de volta.
(ړײ [Não sou o autor da "ideia&quo…

Devaneio

Imagem
No silêncio da madrugada
Nuvens brancas e douradas
Escondem o azul radiante
Do amanhecer distante
Um vento suave te trouxe aos meus sentimentos Ouço a sua voz ecoar nos meus pensamentos Sinto teu sabor espalhar pela cama  E assim o meu devaneio te chama
Vem coração... Vem paixão...
Não tenha receio  É apenas meu devaneio  Aproveita este momento  Deita cabeça no meu peito  Deixa tua marca na minha pele fria Para que eu te tenha em mim de noite e de dia
Devaneio que tanto ansiei  Não te vás assim  Molhada ainda de mim  Para onde já não sei Tudo vai se perder Neste novo amanhecer! ◦ [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] ◦

Lá, o Sol

Imagem
O barulho forte da chuva batendo na janela , negras nuvens a voarem, raios e trovões chegando para amedrontar .  Um dia lento a passar, um misto de inércia e desejo a embaralhar e o relógio que está lá.  Um instante a fitá-lo, os ponteiros a girar , a vida sempre para frente a levar e a esperança do sonho tornar-se realidade já.
Da linha de limite que é redesenhada discretamente em algum lugar, vejo surgir da escuridão que paralisa a alma de quem tanto espera , a luz que os olhos tanto querem ver. E eu tenho a certeza. Não preciso que você apareça para te encontrar. 
Quieto , junto à parede , grito: Eu esperarei por você lá. Lá...onde o sol abraça o novo amanhecer . Que nos consegue surpreender e que vem cheio de espaço para que possamos preencher.  ◦ [repaginada, ficção "qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] ◦

Três Níveis

Imagem
Há coisas que acontecem todo o tempo, mas que só lembramos de contar quando passa o tempo ...sobre quando comecei a minha 'caminhada' na blogosfera, seis anos atrás.

...apesar de estar apenas iniciando e por acreditar que na blogosfera não havia imperativo exatamente por não haver estrutura e hierarquia, portanto ninguém era melhor que ninguém , fui logo visitar um blog movimentadíssimo, com Autor - 'celebridade', milhares de Fãs, 'Curtidas', '+Uns', Seguidores , Postagens e Comentários.
Mas, fui porque tinha me identificado com as Poesias daquele blog.

Bem, por ser um blog, antes de um aparato comunicativo , - e tendo esta como condição minimal - um meio de sociabilidade, onde reina a subjetividade, resolvi 'deixar' um carinhoso comentário.
 [ Juro que Não foi um comentário C.C (Copia e Cola), tipo 'belo blog; gostei de seu blog; bela postagem; bela poesia;'. 
Hão de convir comigo,  este tipo de comentário, qualquer um faz, basta copiar e …

Hoje deu saudade

Imagem
Hoje deu saudade Saudade de tardes  Tardes em parques   Em parques , cheios de você  Você e tudo o que dizia  Dizia para não cair   Para não cair dos sonhos  Dos sonhos nas tardes  Nas tardes de conversas  De conversas sobre a realidade  A realidade que foi assim  Foi assim em direção ao fim  Ao fim dos sonhos de quem te amava   Te amava nas tardes em parques  Em parques, vazios de nós  De nós, hoje deu saudade  ° [Quando há em mim saudade
Consigo ver a verdade 
Que só eu sei!] ° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]

Maravilhosa vida, maravilhoso mundo

Imagem
Tal como larva, venci e sobrevivi para ser crisálida.
Protegido por uma barreira, um escudo do mundo externo, as vibrações das mudanças se fazem presente.
Sinto o calor do sol, o frio da noite e a vida da chuva fina.
Sinto a livre mão do destino na espreita, esperando somente a oportunidade de me tornar diferente.
Percebo meu corpo mudar e começo a vislumbrar novas possibilidades.

Meu abrigo se foi, tenho asas para buscar novos caminhos.
Sigo um caminho, por vezes mudo, por vezes retorno.
Sem medo do medo de ter que aprender novamente como sobreviver.
Sem medo do medo de não ser mais igual. 

Feliz com as vitórias, nem tudo são só lembranças.
Infeliz com as desilusões, descubro que o coração tem vida própria.
Encontro em mim racionalidade em um ser emocional.
Para refletir sobre os dias passados e saber que ainda não estou terminado.
Porém tudo que fui está em mim.
E assim enxergo meu sorriso.
O mesmo que silenciosamente invade o meu corpo.
Logo, cabe a mim dizer, mesmo calado, que n…

Para sempre, Carlos Drummond de Andrade

Imagem
Por que Deus permite que as mães vão-se embora? 
Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não apaga quando sopra o vento e chuva desaba, veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, puro pensamento. 
Morrer acontece com o que é breve e passa sem deixar vestígio. Mãe, na sua graça, é eternidade.
Por que Deus se lembra - mistério profundo - de tirá-la um dia? 
Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei: 
Mãe não morre nunca, mãe ficará sempre junto de seu filho 
e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho.
°
Drummond na voz de Drummond
Licença padrão do YouTube 0.57s Carlos Drummond de Andrade
Poeta, contista e cronista brasileiro.
Nascimento: 31 de outubro de 1902, Itabira, Minas Gerais
Falecimento: 17 de agosto de 1987, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
°

Com ou sem você

Imagem
O quarto escuro, a porta entreaberta, a fresta. 
A cama desarrumada, incompleta, vazia. No criado-mudo ao lado, lotado de copos secos, tocos de cigarros  que se amontoam, papéis embolados. O espelho  observando meu corpo de fora, olhos vermelhos , semblante sério, cabelos revoltos.  Os ponteiros do relógio de parede que insistem em não girar, compondo o cenário perfeito para o início de uma longa noite. E como pano de fundo a música With Or Without You - U2.
À medida que os minutos iam passando ,  a música ficava cada vez mais alta e  tudo o que eu ouvia erao seu nome ecoando na minha mente. E tudo o que eu via era a sua imagem , tapando o sol que insistia .
Somente que  a realidade foi mais  imediata e o sol, teimoso como sempre, nasceu resplandecente disposto a me contrariar.  
Esperei ficar mais claro, saí do quarto e  pus-me a caminhar pela casa procurando por qualquer sinal. Mas nada.  Um silêncio intransponível. Nem um sinal de movimentação. Não havia consciência ou culpa. Não havia gota de l…

Paixonite aguda

Imagem
Talvez vocês não saibam – porque não se conta tudo em um blog.
Mas , em suma, durante a adolescência não queria saber de nada na vida: não trabalhava, não estudava, dormia durante o dia e passava noites inteiras assistindo filmes. 

Aquilo já era demais para meus pais!
- Meu filho, estamos preocupados.
O que você quer da vida?

Eu era um filho que causava preocupação  mesmo, eu admito.
Porém eles não sabiam que eu tinha sido acometido pela paixonite aguda.

Exagerados ou não, os pensamentos eram variados, ardentes e muitas vezes arriscados, mas quase sempre, em direção à concretização da expectativa desta paixão.
Apegava-me ; não conseguia mais liberá-los de minha mente.
E por isso ficava emperrado; sem vontade de estudar, sem vontade de sair do quarto, só assistia filmes.

E mesmo quando a verdade chegava pessoalmente batendo a minha porta, recusava abri-la.
Por trás estava uma dificuldade de enfrentar a realidade; uma tentativa de viver o que e como se queria viver e não o que se vive e se …

Amor no coração

Imagem
A noite densa, intensa, tensa, Quando você menos espera, surpreende De tão fria fica ardente 
Não olhes somente para a lua pedindo ajuda  Pode trazer a escuridão que te derruba  Espera pelo sol porque ele sempre vem 
Perceba que há mais luz nas estrelas  Veja que o céu está colorido  Dance ao som dos ventos Sinta a brisa como uma carícia meiga 
E não importe se lembranças são  Tenha amor no coração  Enchendo - o por completo de alegria  Ver beleza na noite e no dia ° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!] °

Momento fulcral

Imagem
Naquele momento fulcral,
Sem outra escolha, permiti tua partida.
Te ofereci um beijo.
Tu aceitaste o beijo mas partiu pela manhã.

Em frente à janela ,  num último reflexo, fitei o contorno de sua imagem. 
Não pude conter as lágrimas.
Todo triste e abatido,
Perdi o rumo, voei sem direção .

No entanto, sofri o revés dessas emoções , refreado pela rédea do pensamento lógico:
Se a decisão foi partir, é porque não mereço mais a sua presença.

Ademais, ninguém morre de amor . 
 Uma nuvem negra pairando em nossa cabeça não é prenúncio de nada, 
   Se a tempestade ainda não está aqui.
Basta seguir entre quedas e dores, sentindo o aroma da esperança, que bons ventos fortes irão levar as nuvens para bem longe ! 
E a luz irá irromper onde nenhum sol brilhava.

E se um dia chegar a sentir minha falta, lembre-se que neste dia não apareci. 
 Sua presença também não terá mais  nenhum  significado para mim.
° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência"...ou não!] 
°

Sem você

Imagem
Sem você o escritor sem caminho.  A poesia sem título. A imagem sem sorriso.  O poema sem fundamento. A rima perdida. A letra solta. A folha branca.
Sem você o texto sem explicações. A verdade maculando os fatos.  A mentira manipulando os afetos.
Sem você a postagem inacabada . Nenhum início, meio ou fim.
Sem você o imperfeito.  O lapso. O espaço. O perdido.  O vazio. O silêncio. O medo. O drama. 
Sem você o presente nada é.  A todo instante ele se torna passado e a todo instante ele será o futuro. 
 Tudo é nada.  Sem você.  ° [ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência", ou não!] ° Obrigado,

Adivinhação

Imagem
Durante a vida , normalmente deparamos com diversos tipos de pessoas, no meio delas, existem aquelas que não tem muita proximidade, não perguntam diretamente e tentam adivinhar...

Estava caminhando pela praia.
O vento soprava . O sol brilhava.
Eis que ...

- Admiro a boa forma de quem tem 20 anos.
-E eu disse ter 20 anos?
- Quantos anos tem?
- Fiz 36 em dezembro que passou.
- Puxa! E quantos anos tinha seu pai quando morreu?
- E eu disse que meu pai morreu?
- Oh, desculpe! Quantos anos tem seu pai?
- O 'papis' tem 87.
- 87? Que bom! E quantos anos tinha seu avô quando morreu?
- E eu disse que ele morreu?
- Sinto muito. E quantos anos ele tem?
- 103, e anda de bicicleta até hoje.
- Fico feliz em saber. E seu bisavô morreu de quê?
- E eu disse que ele tinha morrido? Ele está com 124 e vai casar na semana que vem.
- Agora já é demais! - Disse ele. - Por que um homem de 124 anos iria querer casar?
- E eu disse que ele queria se casar? Queria nada, ele engravidou a moça...
(ړײ
[Não sou o …